SOBRE NÓS

Somos uma comunidade cristã fundamentada na Palavra de Deus, que busca a unidade no Espírito para servir melhor o semelhante, até a volta de Jesus.

PROGRAMAÇÕES (suspensas)

SÁBADO

  9:30 am | Escola Sabatina

10:45 am | Culto de Adoração

  5:30 pm | Culto Jovem (2º e 4º sábado)

DOMINGO

  6:00 pm | Séries especiais

QUARTA-FEIRA

  7:30 pm | Reunião de oração

SE INSCREVA PARA
RECEBER NOTÍCIAS
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Apple Music Icon
  • Grey Google Play Icon

© 2020 Dallas Brazilian Seventh-Day Adventist Church. All Rights Reserved.

#115 Don't mess with Texas

November 3, 2019

 

Essa semana, depois de deixar meu filho Noah na escola, um homem que dirigia uma grande pick-up azul buzinou pra mim com muita violência.

 

Freei o carro para alinhar minha janela com a dele quando percebi seus gestos ainda mais veementes. Antes que eu pudesse esboçar uma reação ele acelerou seu veículo ainda inconformado comigo.

 

Meu primeiro impulso foi querer ir atrás dele e dizer: "vai cuidar da sua vida". 

 

E de certa forma ele estava cuidando da vida dele. Eu estava desnecessariamente no celular e minha distração poderia ter afetado a vida dele. 

 

Fiquei instantaneamente irritado, quando num lapso de honestidade, tive que reconhecer — ele estava certo. 

 

Posso questionar sua forma veemente e pouco polida de me chamar a atenção... e se eu tivesse me concentrado nisso, não teria reconhecido minha falha. 

 

Tive que engolir meu orgulho e esperar meus batimentos cardíacos normalizarem pra repetir algumas vezes a mim mesmo, sem testemunhas: “não reclama não! Ele tava certo”. 

 

Quando nos concentramos nas falhas dos outros, nos tornamos cegos paras as nossas próprias. 

 

É aquela coisa — eu tô ruim, ele tá pior, então tô salvo. 

 

No campo espiritual, sabe o que acontece quando você se concentra nas suas próprias falhas? Você encontra a paz, resultado do perdão oferecido aos que admitem seus erros. 

 

No casamento e na família, ocorre algo semelhante. Você promove a paz quando engole seu orgulho e diz: "me desculpa, eu errei". 

 

Espero que ninguém buzine pra você, mas se acontecer, seja honesto consigo mesmo e reconheça seu erro. 

 

Lembre-se que no final, cada um dará conta apenas de si. 

 

Pr. Manolo Damasio

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Postagens Recentes

March 31, 2020

Please reload

Categorias
Please reload

Arquivados