SOBRE NÓS

Somos uma comunidade cristã fundamentada na Palavra de Deus, que busca a unidade no Espírito para servir melhor o semelhante, até a volta de Jesus.

PROGRAMAÇÕES (suspensas)

SÁBADO

  9:30 am | Escola Sabatina

10:45 am | Culto de Adoração

  5:30 pm | Culto Jovem (2º e 4º sábado)

DOMINGO

  6:00 pm | Séries especiais

QUARTA-FEIRA

  7:30 pm | Reunião de oração

SE INSCREVA PARA
RECEBER NOTÍCIAS
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Apple Music Icon
  • Grey Google Play Icon

© 2020 Dallas Brazilian Seventh-Day Adventist Church. All Rights Reserved.

#16 Celebramos o Natal?

December 9, 2017


O espírito de Natal já é sentido em todo lugar. Luzes e decorações indicam o período festivo e trazem consigo expectativa e muita alegria. 

Como Adventistas do Sétimo Dia, qual deveria ser a nossa postura? Corremos algum risco em celebrar o Natal e nos emprestarmos dos seus símbolos? 

Permita-me usar alguns comentários de Ellen White sobre esse tema. 

 

[...] não há certeza de que se esteja guardando o verdadeiro dia do nascimento de nosso Salvador. 

Ele ocultou o dia preciso do nascimento de Cristo, para que o dia não recebesse a honra que devia ser dada a Cristo como Redentor do mundo. 

[...] será difícil passar por alto este período sem lhe dar alguma atenção. Ele pode ser utilizado para um bom propósito. 

 

Os pais podem controlar esta questão voltando a mente e as ofertas dos filhos para Deus e Sua causa e a salvação de almas.



A troca de presentes pode ser feita como gesto de afeição, mas perceba os cuidados que precisamos ter quanto a isso. 

 

As festas estão chegando rapidamente com sua troca de presentes, e jovens e idosos estão estudando intensamente o que poderão dar a seus amigos como sinal de afetuosa lembrança. É agradável receber um presente, mesmo simples, daqueles a quem amamos. É uma afirmação de que não estamos esquecidos, e parece ligar-nos a eles mais intimamente. ... 

Está certo concedermos a outros demonstrações de amor e afeto, se em assim fazendo não esquecemos a Deus, nosso melhor amigo. 

Devemos dar nossos presentes de tal maneira que se provem um real benefício ao que recebe.



Embora a troca de presentes seja uma prática aceitável, a Jesus deveria ser manifestado o mais nobre e generoso gesto no período do Natal. 

 

Irmãos e irmãs, enquanto estais planejando dar presentes uns aos outros, desejo lembrar-vos nosso Amigo celestial, para que não passeis por alto Suas reivindicações. Ele Se agradará se mostrarmos que não O esquecemos. 

É por meio de Cristo que recebemos todas as bênçãos. ... Não deve nosso Benfeitor celestial participar das provas de nossa gratidão e amor? Vinde, irmãos e irmãs, vinde com vossos filhos, mesmo os bebês em vossos braços, e trazei ofertas a Deus, segundo vossas possibilidades. Cantai ao Senhor em vosso coração, e esteja em vossos lábios o Seu louvor. 

Podeis ensinar uma lição a vossos filhos enquanto lhes explicais a razão por que tendes feito uma mudança no valor de seus presentes, dizendo-lhes que estais convencidos de que tendes até então considerado o prazer deles mais que a glória de Deus. Dizei-lhes que tendes pensado mais em vosso próprio prazer e satisfação deles e de manter-vos em harmonia com os costumes e tradições do mundo, em dar presentes aos que deles não necessitam, do que em ajudar ao progresso da causa de Deus. Como os magos do passado, podeis oferecer a Deus vossos melhores dons e mostrar por vossas ofertas a Ele que apreciais Seu dom por um mundo pecaminoso.



É possível que muitos de nós estejamos ocupados na questão errada. Natal, árvore, ceia, cantata, etc... nada disso é importante quando comparado à manifestação de nossa devoção e gratidão a Jesus e a Sua causa. 

 

Deus muito Se alegraria se no Natal cada igreja tivesse uma árvore de Natal sobre a qual pendurar ofertas, grandes e pequenas, para essas casas de culto. Têm chegado a nós cartas com a interrogação: Devemos ter árvores de Natal? Não seria isto acompanhar o mundo? Respondemos: Podeis fazê-lo à semelhança do mundo, se tiverdes disposição para isto, ou podeis fazê-lo muito diferente. 

Não há particular pecado em selecionar um fragrante pinheiro e pô-lo em nossas igrejas, mas o pecado está no motivo que induz à ação e no uso que é feito dos presentes postos na árvore. A árvore pode ser tão alta e seus ramos tão vastos quanto o requeiram a ocasião; mas os seus galhos estejam carregados com o fruto de ouro e prata de vossa beneficência, e apresentai isto a Deus como vosso presente de Natal. Sejam vossas doações santificadas pela oração. As festividades de Natal e Ano Novo podem e devem ser celebradas em favor dos necessitados. 

Deus é glorificado quando ajudamos os necessitados que têm família grande para sustentar.



A revelação não poderia ser mais clara em relação a essa questão. Nossos desejos, os mimos para os nossos filhos ou a ostentação em nosso lar precisam ser evitados. Nesta época, nós apenas pegamos carona para glorificar o Autor de nossa salvação. 

Jesus Cristo confere verdadeiro significado a tudo. Não se permita distrair daquilo que é mais importante. 

 

Não devem os pais adotar a posição de que uma árvore de Natal posta na igreja para alegrar os alunos da Escola Sabatina seja pecado, pois pode ela ser uma grande bênção. Ponde-lhes diante do espírito objetos benevolentes. Em nenhum caso o mero divertimento deve ser o objetivo dessas reuniões. Conquanto possa haver alguns que transformarão essas reuniões em ocasiões de descuidada leviandade, e cujo espírito não recebeu as impressões divinas, outros espíritos e caracteres há para quem essas reuniões serão altamente benéficas. O Lar Adventista, 477-483.



No dia 23 de Dezembro você deveria trazer no envelope vermelho uma oferta a Deus. Nenhum de nós deveria ser honrado mais do que Senhor, nem mesmo os nossos filhos. Assim, o período comemorativo do Natal terá sido uma benção a nossa vida. 

Abraço do pastor e amigo
Manolo

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Postagens Recentes

March 29, 2020

Please reload

Categorias
Please reload

Arquivados