• Ellen G. White

#33 “Quando sucederão estas coisas?” — 3 de 3



Um limite à clemência de Deus Com infalível precisão, o Ser infinito ainda mantém, por assim dizer, uma conta com todas as nações. Enquanto Sua misericórdia se oferece com convites ao arrependimento, esta conta permanecerá aberta; quando, porém, os algarismos atingem um certo total que Deus fixou, começa o ministério de Sua ira. — Testemunhos Seletos 2:63.

Deus mantém um registro das nações. Os números estão-se avolumando contra elas nos livros do Céu, e quando se houver tornado uma lei que a transgressão do primeiro dia da semana será enfrentada com punições, então sua medida estará cheia. — The S.D.A. Bible Commentary 7:910.

Deus mantém uma conta com as nações. ...Quando chegar plenamente o tempo em que a iniqüidade terá atingido o prescrito limite da misericórdia de Deus, cessará Sua clemência. Quando os números acumulados nos livros de registro do Céu indicarem que o total da transgressão está completo, virá a ira. — Testemunhos para a Igreja 5:524.

Ao mesmo tempo em que a misericórdia de Deus suporta longamente o transgressor, há um limite além do qual os homens não podem ir no pecado. Quando é atingido aquele limite, os oferecimentos de misericórdia são retirados, e inicia-se o ministério do juízo. — Patriarcas e Profetas, 162-165.

Tempo virá em que em suas fraudes e insolências os homens atingirão o ponto que o Senhor não permitirá que transponham, e aprenderão que há um limite para a longanimidade de Jeová. — Testemunhos Seletos 3:281-282.

Há um limite além do qual os juízos de Jeová não podem mais ser detidos. — Profetas e Reis, 417.


A transgressão quase atingiu o seu limite O tempo durará um pouco mais até que os habitantes da Terra tenham enchido a medida de sua iniqüidade, e então a ira de Deus, que por tanto tempo tem estado dormitando, se despertará, e esta terra de luz beberá da taça de Sua ira sem mistura. — Testemunhos para a Igreja 1:363.


A medida da iniqüidade está quase cheia, e a justiça eqüitativa de Deus está prestes a cair sobre os culpados. — Testemunhos para a Igreja 4:489.

A maldade dos habitantes do mundo já quase chegou ao ponto em que Deus há de permitir ao destruidor operar com ela segundo sua vontade. — Testemunhos Seletos 3:142.

A transgressão já atingiu quase seus limites. O mundo está cheio de confusão, e em breve apoderar-se-á das criaturas humanas um grande terror. O fim está muito próximo. Nós, que conhecemos a verdade, nos devemos estar preparando para o que está prestes a rebentar sobre o mundo numa esmagadora surpresa. — Serviço Cristão, 51.


Devemos ter em mente o grande dia de Deus Precisamos acostumar-nos a pensar e demorar-nos sobre as grandes cenas do julgamento que se acha precisamente diante de nós, e então, ao mantermos diante de nós as cenas do grande dia de Deus em que tudo será revelado, isso influirá sobre o nosso caráter. Um irmão me disse:

“Irmã White, acha que o Senhor virá dentro de dez anos?” “Que diferença fará para o irmão se Ele vier dentro de dois, quatro ou dez anos?” “Ora”, disse ele: “penso que, nalguns aspectos, eu agiria de modo diferente do que faço agora, se soubesse que o Senhor viria dentro de dez anos.” “O que o irmão faria?” perguntei. “Ora”, disse ele, “eu venderia minha propriedade, começaria a examinar a Palavra de Deus, procuraria advertir as pessoas e levá-las a se prepararem para Sua vinda, e suplicaria a Deus que eu estivesse preparado para o encontro com Ele.” Então perguntei: “Se soubesse que o Senhor não viria dentro de vinte anos, viveria de maneira diferente?” Ele respondeu: “Penso que sim.” ...

Quão egoísta era a expressão de que levaria uma vida diferente caso soubesse que o seu Senhor viria dentro de dez anos! Pois bem, Enoque andou trezentos anos com Deus. Isto é uma lição para nós, a fim de que andemos cada dia com Deus, e não estaremos seguros se não esperarmos e vigiarmos. — Manuscrito 10, 1886.


A brevidade do tempo Que o Senhor, de dia e de noite, não dê descanso aos que são agora descuidados e na causa e obra de Deus! O fim está próximo. Isto é o que Jesus quer que sempre mantenhamos diante de nós — a brevidade do tempo. — Carta 97, 1886.

Quando, com os remidos, estivermos em pé sobre o mar de vidro, com harpas de ouro e coroas de glória, tendo à nossa frente a imensurável eternidade, então veremos como foi curto o período de provação e espera. — Manuscript Releases 10:266.

Arthur | (Paulo Rocha) Saúde

Cláudio | (Ruth) Saúde

Levi | Saúde

Luiz e Alejandro | Saúde

Marcos | Saúde

Pedro | (pastor) Saúde

Laura | (Almir) Saúde

Miguel | (Alex) Saúde

Pr. Ottoni | (pai da Marjorie) Saúde

Thalles | (Juan e Thais) Saúde

Mateus | Saúde

Sandra | (Joezel) Saúde

Isadora | Saúde

Inês | Saúde

Laurete | Saúde

Enock e Túlio | (Silas) Saúde

Nair | (Oliveira) Saúde

Tia Bia | Saúde

Lúcia | (vó Keyse) Saúde

Saul | (família Cruz) Saúde

Elisa | (família Aguiar) Saúde

Jorge | (Ever) Saúde

Acha que a mensagem de hoje pode ajudar alguém? Compartilhe com os seus contatos ou através de suas mídias sociais.


#profecia #eventosfinais #sinais #apocalipse

SOBRE NÓS

Somos uma comunidade cristã fundamentada na Palavra de Deus, que busca a unidade no Espírito para servir melhor o semelhante, até a volta de Jesus.

PROGRAMAÇÕES

SÁBADO

  9:30 am | Escola Sabatina

10:45 am | Culto de Adoração

  5:30 pm | Culto Jovem (2º e 4º sábado)

DOMINGO (temporariamente suspenso)

  6:00 pm | Séries especiais

QUARTA-FEIRA (temporariamente suspenso)

  7:30 pm | Reunião de oração

SE INSCREVA PARA
RECEBER NOTÍCIAS
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Apple Music Icon
  • Grey Google Play Icon

© 2020 Dallas Brazilian Seventh-Day Adventist Church. All Rights Reserved.